Bannière

[ Inscrivez-vous ]

Newsletter, Alertes

Emissário da ONU prossegue mediação na Líbia mesmo sem revisão de Acordo

Imprimer PDF

Tripoli, Líbia, 10 Dezembro (Infosplusgabon) - O enviado da ONU na Líbia, Ghassan Salamé, disse esperar "um consenso entre as partes em conflito "para tirar o país da atual crise política e económica perigosa", enfatizando que continuará a mediação, mesmo sem emendas ao Acordo Político.

 

Em declarações após uma reunião com o ministro marroquino Negócios Estrangeiros, Nasser Bourita, em Rabat, Salamé indicou que o objetivo da emenda do Acordo de Skhirat é a formação dum novo governo independente com a missão de melhorar as condições de vida dos Líbios, "num país que enfrenta uma profunda crise económica e institucional ".

 

"(...) se conseguirmos modificar o acordo, o que é bom, mas continuaremos a trabalhar mesmo  sem essas emendas", anotou o emissário onusino citado sábado pela imprensa líbia.

 

Para a alguns observadores, este posicionamento de Salamé  ilustra sinais de um novo impasse no processo de negociações em curso na Líba sob os auspícios das Nações Unidas.

 

O responsável onusino precisou que "as partes líbias  concordaram com a maioria das questões em discussão", mas que há  ainda  divergências que exigem a  perseverança e a  paciência por parte dos Líbios.

 

"Os Líbios não querem passar de transição para transição, eles querem instituições estáveis",  declarou  Ghassan Salamé, de acordo com as mesmas fontes.

 

Por sua vez, o ministro marroquino dos Negócios Estrangeiros indicou  que a solução devia "vir do interior da Líbia com base no Acordo de Skhirat como base para qualquer acordo político, pois não há alternativa ".

 

O Plano de ação do  emissário da ONU compreende três fases que se estendem por um ano, a começar em setembro passado até à organização de eleições gerais na Líbia, precedidas de um referendo popular sobre a Constituição.

 

 

 

FIN/INFOSPLUSGABON/AID/GABON 2017

 

 

 

© Copyright Infosplusgabon

Qui est en ligne!

Nous avons 5236 invités en ligne

Publicité

Liaisons Représentées:

Newsflash

Le  journal Infosplusgabon du 1er décembre 2020 en  kiosque numérique !

AU SOMMAIRE

Economie

Radisson Hotel Group inaugure une nouvelle marque (Pages 3-4)

Le WEB a profondément redéfini le paysage bancaire (Page 5)

Cours de change du franc CFA d'Afrique centrale (Page 6)

Social

Les anciens salariés de Total Gabon

continuent de revendiquer leur droit (Page 7)

Des entreprises et responsables africains poursuivent en justice le commissaire de police espagnol José Villarejo (Page 8)

Santé

Covid19, l’hystérie qui masque l’escroquerie (Pages 9-10)

Formation

Dossier : Les métiers de la Communication et leurs débouchés (Pages 11-12/ 1ère partie

DEPÊCHES