Bannière

[ Inscrivez-vous ]

Newsletter, Alertes

Chuvas torrenciais provocam morte de bebé e avultados estragos na capital cabo-verdiana

Imprimer PDF

Praia, Cabo Verde, 14 setembro (Infosplusgabon) - As fortes chuvas que cairam durante a madrugada e ao longo do dia de sábado, na cidade da Praia, em Cabo Verde, provocaram a morte de um bebé de seis meses e avultados estragos nas residências e infraestruturas rodoviárias, constatou a Infosplusgabon no local.

 

A  vítima mortal perdeu a vida quando a água invadiu a residência dos pais que nada puderam fazer para impedir a criança de morrer afogada.

 

O presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, deslocou-se aos locais afetados pela intempérie.

 

Em declarações à imprensa, disse que estas chuvas, as mais intensas dos últimos anos, provocaram alguma situação crítica nos bairros de Pensamento, Safende, Castelão, Paiol de Coqueiro e Jamaica e na parte baixa da cidade, nomeadamente Várzea e Palácio do Governo, onde a drenagem é mais lenta.

 

No entanto, Óscar Santos realçou que a situação mais preocupante são as famílias que precisam de ser realojadas imediatamente.

 

“Já dei instruções e estão a ser seguidas pela Ação Social para ver alternativas, muito rápidas, para tentar o máximo salvar a vida das pessoas, porque estamos numa situação que há muitos anos não se via na Cidade da Praia”.

 

O edil não precisou o número de famílias que vão ser realojadas, mas assegurou que o Serviço de Acção Social da Câmara, os bombeiros, a Proteção Civil e a Polícia Nacional, já estão a tratar de um lugar para os abrigar e, caso for necessário, serão realojadas em casas alugadas.

 

Neste momento, segundo ele, não é possível fazer uma avaliação exata de todos os estragos causados e dos custos envolvidos.

 

Mas assegurou que, até segunda-feira, as autoridades municipais estarão em condições de avançar com os números e as intervenções que serão feitas.

 

“Estamos em contacto permanentemente com o Governo para fazermos uma avaliação e repor a normalidade do funcionamento da cidade, mas, primeiramente, nós temos que cuidar das pessoas, depois da circulação rodoviária, de forma que a cidade volte novamente a funcionar”, precisou.

 

A partir da ilha do Fogo, onde se deslocou, na qualidade de líder do Movimento para a Democracia (MpD, no poder), o primeiro-ministro cabo-verdiano anunciou que o Governo iria reunir o Gabinete de Crise para analisar a situação resultantes dos danos provocados pelas chuvas intensas que se abateram sobre a generalidade das ilhas do arquipélago, com destaque para a capital e interior da ilha de Santiago.

 

O primeiro-ministro garantiu que o Governo vai fazer tudo para reconstruir aquilo que for destruído e que tem sido objeto de inundações, quer os estragos de obras públicas quer de particulares.

 

Ulisses Correia e Silva anunciou que  na reunião, por videoconferência,  com os membros do Governo que fazem parte do Gabinete de Crise  seriam   tomadas as melhores decisões para apoiar a câmara da Praia naquilo que for necessário para fazer a reconstrução da cidade.

 

O arquipelago de Cabo Verde está desde madrugada de sabado sob a influência de uma onda tropical que poderá transformar-se em depressão tropical, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG).

 

De acordo com a mesma fonte, as previsões apontam que a onda tropical atinja o país de sábado à segunda-feira.

 

O instituto adiantou que o sistema está localizado junto à costa da Guiné-Bissau, desloca-se com uma velocidade de 30 km/h e tem cerca de 70 por cento de probabilidade de se transformar em uma depressão tropical.

 

“Durante a sua passagem, condicionará o estado do tempo nas ilhas”, referiu o INMG, que prevê ainda chuvas de intensidade variável e possibilidade de trovoadas, intensificação do vento e agravamento significativo do estado do mar.

 

 

FIN/ INFOSPLUSGABON/PGV/GABON2020

 

© Copyright  Infosplusgabon

Qui est en ligne!

Nous avons 7227 invités en ligne

Publicité

Liaisons Représentées:

Newsflash

Vous êtes à la  recherche  d’un  logement dans un  cadre convivial, pratique  et  sécurisé à Libreville ? . Particulier propose à partir du 1er juin 2019 un  T4 composé de  3  chambres toutes  climatisées, salon et cuisine équipés pour  courte,  moyenne et longue durée au quartier Charbonnages, à quelques  centaines de  mètres de l’Ecole conventionnée. Enceinte sécurisée, Vidéosurveillance. Tout l’appartement à 45 000  F  CFA (69 euros) par jour. Location de Chambre  individuelle 25 000  F  CFA/jour.  Ménage  effectué tous  les deux  jours. Compteur individuel d’électricité Edan à  recharger par le ou les occupants. Contact  : +241 06066291/ +24107843371 Mail:  berp8483@hotmail.com

DEPÊCHES