Bannière

[ Inscrivez-vous ]

Newsletter, Alertes

África do Sul desce para 7ª posição mundial da covid-19

Imprimer PDF

Luanda, Angola, 3 setembro (Infosplusgabon) - A África do Sul baixou para a sétima posição mundial da covid-19, menos de uma semana depois de deixar o grupo dos cinco países mais infetados do planeta, na sequência do abrandamento da doença iniciado em agosto último.

 

 

 

De acordo com as últimas estatísticas oficiais, divulgadas esta quinta-feira, a África do Sul cedeu agora a sexta posição à Colômbia, que conta com 633.339 casos confirmados, incluindo 9.270 novos.

 

O país, que mantém todavia a liderança da doença, no continente africano, registou 2.336 novos casos e totalizou 630.595 infeções acumuladas.

 

Segundo o boletim epidemiológico diário do Ministério da Saúde, foram igualmente registados  126 novos óbitos, mais 12 que os 114 do dia anterior.

 

Este balanço eleva para 14.389 óbitos no total, desde o início da doença, em março passado, o equivalente a quase metade do número de mortes registadas em todo o continente africano.

 

Os novos óbitos foram registados nas províncias de Gauteng (49), Cabo Oriental (29), Cabo Ocidental (16), Estado Livre (15), KwaZulu-Natal (12) e Cabo Setentrional (05).

 

A província do Cabo Ocidental é a mais atingida, com 3.929 óbitos no total, seguida de Gauteng (3.680), Cabo Oriental (2.932), KwaZulu Natal (2.164), Estado Livre (731), Mpumalanga (351), Noroeste (266), Limpopo (202) e Cabo Setentrional (134).

 

Em contrapartida, o país fez progressos notáveis em recuperações, que, ao longo do mês de agosto, atingiram uma média superior a sete mil por dia,  muito acima da média dos casos positivos.

 

Três mil e 463 pacientes recuperaram da doença, nas últimas 24 horas, aumentando para 553.456 o total de recuperações registadas, até agora.

 

De acordo com o ministro sul-africano da Saúde, Zweli Mkhize, o país teve uma taxa de recuperação de 87 por cento, com 62.750 casos ativos dos mais de 630 mil confirmados, desde o início da doença.

 

Gauteng, que abarca as cidades de Joanesburgo (capital comercial) e Pretória (capital administrativa), continua a registar o maior número de infeções e de casos recuperados.

 

Com 33,5 por cento do total de infeções, ou 211.157 casos, a província tem 184.274 pacientes recuperados e 23.203 ainda em tratamento.

 

Seguem-se as do KwaZulu-Natal, com 113.661 casos (18%), do Cabo Ocidental (106.353 casos, 16,9%), do Cabo Oriental (86.322 casos, 13,7%), do Estado Livre (38.473 casos, 6,1%), do Noroeste (25.604, 4,1%) e do Mpumalanga (24.604, 3,9%).

 

As menos afetadas são Limpopo, com 13.400 casos (2,1%) e Cabo Setentrional, com 11.020 (1,7%).

 

Desde o início da pandemia, foram realizados três milhões, 726 mil e 721 testes, incluindo 21.313 nas últimas 24 horas, e dos quais 57 por cento em laboratórios privados.

 

Com mais de metade do total geral de casos registados, em África, a África do Sul mantém-se isolada no comando da doença, em África, tanto em número de infeções como nas recuperações e óbitos.

 

A segunda posição continental é ocupada pelo Egito, no 31º lugar mundial com 99.280 casos acumulados dos quais 5.461 mortos, 74.626 recuperações e 19.193 pacientes ativos.

 

Marrocos, na terceira posição continental e 46ª mundial, contabiliza 65.453 casos confirmados, 1.216 óbitos, 50.357 curas e 13.880 pacientes ativos.

 

A Nigéria tem 54.463 casos, com 1.027 mortos, 42.439 recuperados e 10.997 ativos.

 

Por seu turno, a Etiópia, que ultrapassou sucessivamente a Argélia e o Gana, na quinta posição, soma  54.409 casos (846 mortos, 19.903 recuperados e 33.660 ativos).

 

A Argélia tem 45.158 casos (1.523 mortos, 31.746 recuperados e 11.889) e o Gana 44.658 casos (276 mortos, 43.478 curados e 904 ativos).

 

FIN/ INFOSPLUSGABON/ASX/GABON2020

 

© Copyright  Infosplusgabon

Qui est en ligne!

Nous avons 5993 invités en ligne

Publicité

Liaisons Représentées:

Newsflash

Abonnez-vous au journal en ligne Infosplusgabon via le kiosque  numérique de la  sogapresse !

https://www.e-kiosque-sogapresse.com/fr/a-la-carte/quotidienne/infos-plus-gabon/infos-plus-gabon-20-10-2020.html

 

AU SOMMAIRE DE l'EDITION  DU 20  OCTOBRE 2020

► Dossier : Les agences de notation : Prophètes des temps modernes ou prestidigitateurs ?

► Les contrats en Afrique : les jeux sont faits !

►Gabon : La fragilité des appels d'offres et des partenariats démobilisent les jeunes concepteurs

► Afrique : La COVID-19  a  fait plus de 1,57 million de cas dont 38.396 décès

►France : Un hommage national sera rendu à Samuel Paty le 21 octobre 2020 à la Sorbonne, Paris

► Cours de change du franc  CFA  d’Afrique  centrale

 

Toutes les autres informations, au quotidien, en ligne  24h/24 via www.infosplusgabon.com

Infos Plus Gabon ! - Le Journal numérique en ligne  qui vous accompagne partout. Abonnez-vous  !

Lire également le numéro précédent  :

https://www.e-kiosque-sogapresse.com/fr/a-la-carte/quotidienne/infos-plus-gabon/infos-plus-gabon-13-10-2020.html

DEPÊCHES