Bannière

[ Inscrivez-vous ]

Newsletter, Alertes

Presidentes ganense e guineense designados medianeiros na crise política no Togo

Imprimer PDF

Lomé, Togo, 16 Abril  (Infosplusgabon) - Os Presidentes ganense, Nana Dankwa Akufo-Addo, e guineense, Alpha Condé, foram oficialmente mandatados pela Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) para encontrar uma solução para a crise política no Togo, indica uma fonte oficial no local.

 

A informação consta de um comunicado final duma cimeira extraordinária realizada no fim de semana passado em Lomé consagrada às crises na Guiné-Bissau e no Togo.

 

Para o Togo, foi dada ênfase às reformas institucionais e constitucionais reivindicadas pela oposição e que estão na origem das convulsões políticas neste país desde agosto de 2017.

 

No mesmo sábado, ocorreram confrontos entre as forças de segurança e militantes da oposição na capital togolesa e no interior do país, de que resultaram alguns feridos, à semelhança do que aconteceram quarta e quinta-feiras últimas.

 

A CEDEAO, que preconiza uma resolução pacífica das tensões políticas com que o Togo está confrontado desde agosto de 2017, apela a todos os partidos políticos e à sociedade civil para « se absterem de qualquer ato de violência e de quaisquer maquinações suscetíveis de constituir uma ameaça à paz e à estabilidade do Togo e da sub-região ».

 

Os dois Presidentes facilitadores na crise togolesa são chamados a «envidar os seus esforços" para ajudar o Governo e atores políticos na realização das reformas constitucionais, no respeito pelos prazos legais, pelas normas e pelos princípios da democracia e do Estado de direito ».

 

Recomendações saídas da facilitação, propostas pelos dois chefes de Estado, com o apoio da Comissão, serão submetidas à próxima cimeira da CEDEAO, lê-se no comunicado.

 

Esta oficialização do papel de facilitadores confiado aos dois Presidentes, depois de o terem feito sem nenhum mandato oficial, pode relançar o diálogo entre o regime no poder e a oposição, que está num impasse desde a terceira ronda das discussões a 23 de fevereiro último sob a direção de Nana Dankwa Akufo-Addo que tomou a iniciativa de reunir, em torno duma mesa, protagonistas da crise togolesa.

 

A oposição, desde agosto último, reclama por reformas institucionais e constitucionais para um verdadeiro Estado de Direito no Togo, através de manifestações públicas que já resultaram em 15 mortos, vários feridos.

 

Por causa desta situação, muitos Togoleses exilaram-se, essencialmente no Gana, país vizinho do Togo.

 

 

FIN/INFOSPLUSGABON/FDC/GABON 2018

 

 

© Copyright  Infosplusgabon

Qui est en ligne!

Nous avons 2095 invités en ligne

Publicité

Liaisons Représentées:

Newsflash

Appel aux lecteurs et  amis d’Infosplusgabon

Diffusées  gratuitement  et  bénévolement  et  sans  publicité depuis  2005,  les informations  africaines de  votre agence de  presse en  ligne vous parviennent  en  quatre  langues depuis  six  mois. Aujourd’hui, pour  poursuivre notre  passion et  développer l’action  d’information d’Infosplusgabon,  nous avons  besoin de  vous.  Pour  nous aider, vous  pouvez effectuer un virement sur le compte :

NKOLO/INFOSPLUSGABON .  Banque  Internationale  pour  le Commerce  et l'Industrie du Gabon (BICIG).   Adresse Banque : Avenue du Colonel PARANT. PO Box 2241  Libreville - GABON.  CODE  IBAN : GA21 4000 1090 7340 2044 0005 477 - Code Swift : BICIGALXXXX -  Numero de  Compte 40204400054  Banque  Code Banque : 40001-  Code Agence : 09073. Clé  77.

Merci  d’avance !  Et  merci aux  futurs contributeurs qui  répondront à  cet appel.

La  rédaction